PAPA JOÃO PAULO II E CP

No dia 13 de maio de 1981, Sua Santidade o Papa João Paulo II, na parte da tarde estava a realizar na Praça de São Pedro em Roma, uma audiência aos milhares  de peregrinos presentes, quando sofreu um atentado contra a sua vida, perpretado pelo turco Ali Agca, a mando do KGB soviético, tendo como intermediário os serviços secretos búlgaros que fizeram a intermediação, segundo apurou a procudadoria e polícia italiana, e que Agca, anos depois reconheceu e disse como foi  planeado o atentado.

Os médicos que operaram João Paulo II, disseram que não conseguem compreender como é que tenha sobrevivido a vários disparos efectuados a poucos metros de distância e que destruiram completamente parte do intestino, assim, como uma das balas, arrancou o dedo indicador da mão esquerda. Depois de ser operado e quando recuperou os sentidos, o papa perguntou para confirmar que não estava equivocado, ao seu secretário, que dia tinha sido ontem, ao qual ele lhe respondeu “Santitá, dia13 de maggio, dia de la Madonna di Fátima” e o Papa fez uma leitura clara, daquilo que aconteceu, à luz da mensagem de Fátima, transmitida por Nossa Senhora à pastorinha Lúcia em 1917, acerca dos papas. Meses depois da operação e ainda em convalescença, o papa mostrou o desejo de vir a Fátima, no dia 13 de maio seguinte, o de 1982, para como ele disse, agradecer à Virgem Maria, a graça de ter sido salvo da morte violenta e percebi, que tinha que vir aqui  e eis que aqui estou (em Fatima).

Assim, junto com o governo português foi preparada a viagem do papa, para Maio de 1982, que incluiu deslocações a Lisboa, Fátima, Vila Viçosa, Coimbra, Braga e Porto.

No plano logistico o transporte do papa entre estas localidades estava feito para ser sempre feito com helicóptero da Força Aérea Portuguesa e assim aconteceu, mas as autoridades tinham um plano de transporte alternativo, para ser utilizado se necessário e realmente faz hoje 40 anos, que Sua Santidade, deslocou-se de comboio entre Lisboa e Braga, com paragem de algumas horas em Coimbra. E isto aconteceu, porque neste dia de há 40 anos atrás, a manhã estava no litoral carregada com um nevoeiro cerrado em Lisboa, Coimbra, Braga e Porto, precisamente o percurso que devia ser feito em helicóptero. A Força Aérea logo de manhã, suspendeu o vôo e entrou em acção o plano alternativo. Assim, Sua Santidade foi levado para a estação de Santa Apolónia, em Lisboa e aí tomou lugar no salão especial 89-50 002, que fazia parte da composição que foi traccionada pela nez cassés 2611. É reconhecido por crentes e não crentes, que o Papa João Paulo II, foi até hoje o VIP mais importante que a CP transportou em toda a sua história, onde já viajaram também reis e presidentes.

A VIAGEM TEVE AS SEGUINTES ETAPAS:

Dia Comboio Nº De Até Tracção Papa a bordo
15 maio 1982 Lisboa Sta Apolónia Coimbra-B LE 2611+CAR
15 maio 1982 Coimbra-B Coimbra São José LT 1400+CAR+LT1400
15 maio 1982 Coimbra São José Coimbra-B LT 1400+CAR+LT1400
15 maio 1982 Coimbra-B Porto Campanhã LE2611+CAR
15 maio 1982 Porto Campanhã Braga LT1421+CAR

 

About Luis Moreira

Check Also

Modèle réduit de chemin de fer – 1C – Liste Locomotive Bi-mode

Dans cet article, nous listons tous les modèles de locomotives bi-mode produites par les marques. …